Chamada de Artigos para Dossiê: Relações Internacionais na crise da ordem liberal

A ordem liberal que Estados, instituições e organizações internacionais criaram após o fim da primeira guerra continua a existir até hoje. Entretanto, a fragilidade das relações interestatais, juntamente aos desafios econômicos e sociais do sistema capitalista, mostra um modelo em crise, seja de autoridade ou de legitimidade. Vários aspectos suportam essa ideia: a mobilidade internacional, delegada parcialmente a instituições internacionais, é reclamada novamente pelos Estados sob ideais de soberania e identidade nacional, que também constituem um percalço à disseminação da democracia liberal, fundamental como justificativa e para a construção dessa ordem. As crescentes frustrações das populações ocidentais e conflitos entre as classes baixa e média em relação ao aumento da desigualdade e desemprego, alimentadas pela hiperglobalização, são expressas através de movimentos em direção ao protecionismo. Esse cenário resulta em um desafio interno à ordem liberal, constituído pela ascensão de movimentos antiliberais, nacionalistas, protecionistas e populistas, exemplificados no Brexit, na ascensão do populismo de direita na Europa e na sua chegada ao poder com a eleição de Donald Trump nos Estados Unidos e do ganho de cadeiras expressivo na Europa. Em face deste contexto, este dossiê tem como objetivo fomentar a discussão a respeito da crise da ordem liberal internacional tanto do ponto de vista temático, através da discussão de movimentos contrários ou limitantes aos direitos humanos, direitos trabalhistas, meio-ambiente e acordos comerciais, quanto das relações bilaterais e multilaterais. Encorajamos trabalhos pensados em diferentes níveis e perspectivas teóricas e metodológicas das relações internacionais.

Please follow and like us: